Buscar:   meu ip é  54.224.121.67      saiba mais

  Indique para um amigo

 

Bruno Senna diz que só vai para a F-1 se a Honda for comprada

Bruno Senna diz que só vai para a F-1 se a Honda for comprada

Em novembro, Bruno Senna testou pela antiga equipe Honda, que ainda não tem comprador

O piloto brasileiro Bruno Senna, que busca ingressar na F-1, declarou que sua única chance de estrear na categoria é se a Honda encontrar um investidor que compre sua equipe e o contrate como titular.

Bruno, vice-campeão da GP2 em 2008, testou pela escuderia no final do ano passado. Alguns dias depois, a montadora japonesa colocou sua equipe à venda, mas ainda não achou um comprador.

Já o piloto, sobrinho do tricampeão Ayrton Senna, descartou negociar com a Toro Rosso ou a Force India, com quem chegou a conversar por uma vaga em 2009.

”Na F-1 não tem outra possibilidade. Existiam a Toro Rosso e a Force India, mas depois da crise todas as equipes se reestruturaram, então a questão do pilotos que querem entrar diminuiu muito. Ou é a Honda, ou é a GP2”, explicou, em entrevista ao Sportv.

O piloto, no entanto, demonstrou pessimismo em relação à compra da equipe japonesa já para o Mundial-2009 --que começa no dia 29 de março, na Austrália.

”Está demorando tanto que acho difícil alguém comprar agora, porque está muito em cima. Além disso, quem for comprar vai querer resultados logo. O provável é que a Honda ache um comprador conforme o ano for passando, para começar em 2010”, disse o brasileiro.

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/


YRS

 


Voltar



  • Publicidade
© 2008 News Datahouse Datahouse
home |contato